sexta-feira, 28 de outubro de 2011

César Cielo adverte: estudar faz bem à saúde

César Cielo nunca abandonou os livros.
Faça como o campeão olímpico e recordista mundial


Muitas pessoas, sejam elas crianças, jovens ou adultos, relacionam os benefícios dos estudos apenas com resultados de curto prazo, como a obtenção de boas notas nas avaliações escolares. Mas pesquisadores do mundo todo vêm, não de hoje, tentando provar que o hábito de estudar pode trazer vantagens para o resto da vida, refletindo inclusive na nossa saúde. Um estudo realizado pelas universidades norte-americanas Harvard e Princeton revelou recentemente que as pessoas que passam maior tempo na escola vivem mais, independentemente da classe social. A pesquisa, que estudou dados de 200 milhões de americanos, concluiu que cada ano a mais de estudo possibilita sete meses adicionais de vida.


Qual a importância de estudar sempre?




César Cielo: Estudar sempre fez parte da minha vida. Acho que é fundamental para estar sempre informado dos assuntos e também para treinar a memória.

César Cielo: Uma coisa complementa a outra. Estudar sempre fez e faz parte da minha vida.



Quais são seus planos para o futuro?




César Cielo: Pretendo continuar um bom tempo ainda nadando e terminar a faculdade.


O que o fez tomar gosto pelos livros?




César Cielo: Por meio da leitura a pessoa viaja sem sair de casa, tem a capacidade de transformar qualquer momento em realidade. A leitura nos faz sonhar, nos faz pensar. Ao final de cada livro, de cada leitura, aumentamos nosso repertório de idéias, a criatividade é estimulada e também é um ótimo exercício mental.


 



Que livro você gostou quando mais novo?



César Cielo: Lembro da coleção Os Karas, de Pedro Bandeira, em especial o livro "A droga da obediência".

A participação dos pais nos estudos dos filhos pode despertar um interesse maior pela educação?



César Cielo: Eu acho que sim, a participação dos pais tem ligação direta com o aumento de interesse dos filhos pela leitura e educação. Eu cresci vendo meu pai e minha mãe sempre estudando, lendo, meu pai é médico e minha mãe professora de Educação Física, os dois continuam estudando até hoje, não tem como isso não me influenciar.

sábado, 1 de outubro de 2011

"CHIQUE É CRER EM DEUS"

Chique mesmo é quem fala baixo.
Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.
É lembrar-se do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais!
Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.
É "desligar o radar", o telefone?, quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!
Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do físico... quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, preguiça, fraude, agressão, intolerância, ateísmo...falsidade.
Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material deste mundo. Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.
Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!
Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!
Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... Mas, Amor e Fé nos tornam humanos!


Consultora de modas - Glória Kallil

sexta-feira, 16 de setembro de 2011



APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA!

Autismo é um transtorno que causa atraso no desenvolvimento da criança, e compromete principalmente sua comunicação, socialização, iniciativa, imaginação e criatividade.O autismo se apresenta em graus, desde os mais severos (que não falam, não olham, não mostram nenhum interesse no outro), aos considerados de auto-funcionamento (que falam, são capazes de acompanhar estudo normal, desenvolver-se em uma profissão e criar vínculos com o outro).As crianças autistas tem dificuldades em estabelecer relações normais com o outro; podem apresentar atraso na aquisição da linguagem e, muitas vezes quando esta se desenvolve, uma incapacidade de lhe dar um valor de comunicação.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

 
"Muita coisa que ontem parecia importante ou significativa amanhã virará pó no filtro da memória. Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo."

Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 26 de agosto de 2011


Neurociência, Afetividade e Educação

16 a 18 de setembro de 2011

Ubá – MG

Palestrantes:
Ariana Cosme - Portugal
Berenice Romanelli – PR
Darlan Ferreira – SP
Eugênio Cunha – RJ
Geraldo de Almeida – PR
Júlio Furtado – RJ
Lucilia Panisset – MG
Sandra Bozza – PR
Vasco Moretto – DF

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

HUMANIZAR O CONHECIMENTO

Humanizar o conhecimento
A melhor maneira de produzir pessoas que não pensam é nutri-las com um conhecimento sem vida, despersonalizado. Sou crítico dos materiais didáticos belíssimos que expõem o conhecimento mas desprezam a história dos cientistas. Este tipo de educação causa aversão nos alunos, não provoca a arte de pensar.
Humanizar o conhecimento

Augusto Cury

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

TANGRAM



O Tangram é um quebra-cabeça chinês formado de sete peças: um quadrado, um paralelogramo, dois triângulos isósceles congruentes maiores, dois triângulos menores também isósceles e congruentes e um triângulo isósceles médio. As sete peças formam um quadrado.
Dentre as várias versões a respeito da origem desse famoso quebra-cabeça, a mais interessante é a de que o Tangram surgiu quando um monge chinês deixou cair no chão uma porcelana quadrada, que se partiu em sete pedaços, daí a origem do seu nome :Tch’ ia’ Pan , cujo significado é “tábua das sete sabedorias”.
O Tangram é extremamente eficiente para o desenvolvimento do raciocínio lógico e geométrico, principalmente no que se refere às relações espaciais.
Com as peças do Tangram pode-se, dentre outras possibilidades, explorar:
- a identificação, comparação, descrição, classificação e representação de figuras geométricas planas;
- as transformações geométricas, através de composição e decomposição de figuras planas;
- a equivalência de áreas;
- a aplicação do Teorema de Pitágoras.
Além disso, com as sete peças desse quebra-cabeça é possível montar cerca de 1700 figuras dentre animais, plantas, pessoas, objetos, letras, números e outros, tornando-o um material pedagógico bastante atraente.

Para conhecer melhor o Tangram e explorar algumas de suas possibilidades, clique no link a seguir e bom divertimento !



TANGRAM PARA IMPRIMIR


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

terça-feira, 16 de agosto de 2011

RECOMEÇAR


Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida e o mais importante: acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma.

Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os anjos.

Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.

Pois é! Agora é hora de iniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego? Uma nova profissão? Um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio. Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho? Besteira! Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento", tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem nós mesmos nos suportamos. Ficamos horríveis. O mal humor vai comendo nosso fígado, até a boca ficar amarga.

Recomeçar! Hoje é um bom dia para começar novos desafios.

Onde você quer chegar? Ir alto. Sonhe alto, queira o melhor do melhor, queira coisas boas para a vida. Pensamentos assim trazem para nós aquilo que desejamos.

Se pensarmos pequeno, coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.

Joga fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes, fotos, peças de roupa,papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados. Jogue tudo fora. Mas, principalmente, esvazie seu coração. Fique pronto para a vida, para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes. Afinal de contas, nós somos o "Amor".

"Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura."


(Carlos Drummond de Andrade)

quarta-feira, 6 de julho de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Medved Bojan - Zima (Inverno)

video

Medved Bojan é uma série de animação eslovena de curta duração destinada a crianças em fase pré-escolar. Bojan é um urso que utilizam as três cores primária para criar varias coisas em seu mundo, ensinando assim as crianças a misturarem as cores primárias para chegar a novas cores. Durou de 1985 até 1999.No Brasil foi exibido no programa infantil Glub-Glub da Tv Cultura junto a outras produções internacionais.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

RECEITA DE MASSINHA DE MODELAR


Material
2 xícaras (cerca de 250 ml) de farinha de trigo;
1 xícara (cerca de 125 ml) de sal;
água suficiente para dar consistência de pão à massa (pouco mais do que 1 xícara);

2 colheres de sopa de óleo comestível ou óleo de amêndoas;
Corante comestível de várias cores, do mesmo tipo usado para confeitar bolos.
Outra opção é o colorau de origem vegetal ou pó de suco instantâneo.

Preparo:
Junte a farinha ao sal, obtendo uma mistura homogênea. Adicione corante à água que será usada para dar consistência à massa. Aos poucos, misture a água corada à mistura de farinha e sal, e vá misturando até obter um ponto de massa de pão. Se você quiser obter uma cor mais forte, adicione mais corante à massa. Por fim, adicione aos poucos o óleo e misture bem a massa.


Quando não estiver brincando, conserve sua massinha em um pote com tampa dentro da geladeira.

Fonte: Dê uma atividade ao seu filho, Boston Children’s Medical Center e Elisabeth M.Gregg, Editora José Olímpio

quarta-feira, 22 de junho de 2011

RECICLAGEM



VOCÊ PRECISARÁ DE:


• 1 POTE DE IOGURTE (CORPO);


• 1 ESFERA DE PLÁSTICO DE DESODORANTE ROLL ON (CABEÇA);


• 1 TAMPA DE DETERGENTE OU DESINFETANTE (CHAPÉU);


• 34 TAMPAS DE GARRAFAS PET;


• 2 TAMPAS DE GARRAFAS DE ÁGUA DE CÔCO (MÃOS);


• 2 TAMPAS DE SUCO (PÉS);


• LINHA DE NYLON.

VOCÊ DEVERÁ FURAR AS TAMPAS E PASSAR A LINHA DE NYLON PARA MONTAR SEU BONECO.


PERNAS: 10 TAMPAS,

BRAÇOS: 7 TAMPAS


DICA: PERCEBA QUE A DELICADEZA DA PEÇA ESTÁ NA COMBINAÇÃO E SEQUÊNCIA DE CORES E NA SIMPLICIDADE E LIMPEZA DE CADA TAMPA.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Zoom - Um livro de Istvan Banyai

'Zoom' é um livro só de imagens que, pouco a pouco, vão dando uma visão mais ampla do mesmo contexto como se estivessemos a reduzir o zoom.
video

É muito interessante ver a integração de uma parte da imagem num conjunto em que vai passando a ser cada vez menos importante à medida que fazemos o recuo do zoom.

 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Capacidade De Se Emocionar - Lya Luft

"Romantismo não deve ser confundido com frivolidade,
óculos cor-de-rosa, fuga da realidade.
Para mim, é a capacidade de viver algum tipo de encantamento,
de ver coisas positivas e boas,
de valorizar relações humanas que significam ternura, carinho, cuidado, estímulo...
Sem um grão de romantismo penso que a vida seria cor de cinza, sem graça, tediosa,
os relacionamentos frios ou grosseiros.
Existe romantismo não só no amor,
mas até no observar uma criança que brinca,
ao apreciar uma bela obra-de-arte,
ao reunir a família,
ao ver um pôr de sol maravilhoso e se emocionar...
Romantismo, talvez, no fundo, seja isso:
a capacidade de se emocionar. "

Mãe - Rubem Alves

"Lugares onde se pode rir são muitos: as festas, os bares, os jantares,
a Disneyworld, com amigos e desconhecidos.
Os risos não necessitam justificativas.
Mas são poucos os lugares onde se pode chorar, sem sentir vergonha,
e sem ter de suportar a tolice dos insensíveis
que desejam transformar o choro em riso:
eles não entendem.
Mãe é o lugar onde se pode chorar sem sentir vergonha.”

quinta-feira, 7 de abril de 2011

7 experiências com água para fazer em casa

por Marion Frank
Ilustrações por Claudia Marianno



Selecionamos algumas atividades usando a água, para mostrar a seu filho conceitos básicos de ciências. São sete experiências fáceis de fazer em casa. Ideias simples, mas valiosas, pois provam o quanto a água é um recurso importante para o planeta – e o homem. Ela pode ser utilizada para marcar o tempo e sustentar a vida, além do emprego em processos industriais, por exemplo. “Os experimentos demonstram como a água está presente em atividades do dia a dia, atividades essas pouco identificadas por nós”, realça Mario Domingos, curador científico da mostra Água na Oca, do Instituto Sangari. “E eles ganham ainda mais importância ao aproximar a água do universo da criança e do adolescente”, diz Cristian Annunciato, pesquisador do mesmo instituto.
1) Flutua ou afunda?
Objetivo: investigar por que alguns objetos flutuam e outros, afundam.
Providencie um balde ou uma bacia e encha com água
Escolha objetos que possam ser colocados em contato com a água, como brinquedo de plástico ou talheres e copos (também de plástico). E separe em dois grupos, nomeando os que vão flutuar e os que vão afundar
No recipiente com água, verifique entre os objetos que flutuam aqueles que, quando submersos por completo, mesmo assim retornam à superfície (com isso, eles provam que são menos densos do que a água)
Compare agora os objetos que afundaram com os que flutuaram. E entenda que não é apenas o peso que interfere, mas também a forma de cada objeto e o volume de água que ele desloca quando em contato com a água que vai determinar se ele afundará ou flutuará
2) Como limpar a água?
Objetivo: conhecer processos em uso no tratamento (caso da filtração) e na obtenção de água potável
Em uma jarra com água, coloque um pouco de terra e folhas secas. Essa água vai representar a coletada de lagos e rios – a ideia é agir de modo a “limpar”essa água
Pegue uma garrafa PET de 2 litros e corte-a ao meio. Na parte do bico, coloque um chumaço de algodão por dentro da garrafa de modo a fechar o gargalo
Coloque, depois, algumas pedras pequenas sobre o algodão e cubra com areia
Despeje lentamente a água “suja” dentro da garrafa, fazendo-a passar pela areia. Por fim, compare a água antes e depois da ação do filtro
3) Foguete de água
Objetivo: evidenciar a tensão superficial da água
Providencie uma bacia ou forma de pizza e encha com água
Recorte um pedaço de papel, com aproximadamente 5 x 2 cm, com o formato da figura abaixo
Coloque essa lâmina de papel sobre a água de maneira que fique flutuando na superfície
Pingue uma gota de detergente na abertura retangular e observe o que ocorre com o barco. Ele vai se mover porque a gota de detergente rompe a tensão superficial da água, movendo o que está na superfície
4) Erosão
Objetivo: Relacionar a movimentação da água com o arrasto de solo
Em uma bandeja, monte uma amostra de solo de modo a criar camadas com a superfície de inclinação bem pronunciada
Corte uma garrafa PET de 2 litros ao meio e use a parte com bico como se fosse um funil
Faça um furo bem pequeno na tampa e coloque água dentro desse “funil”
Segure a metade da garrafa com o “funil”sobre a amostra de solo e deixe a água correr bem lentamente. Observe o que acontece por onde ela escorre – a água forma imediatamente “valetas”. A formação dessas “valetas” só vai ser controlada, se incluir sementes de grama a título de vegetação no experimento
5) Dilatação anômala da água
Objetivo: Verificar a variação de volume de água, quando passa do estado líquido para o sólido
Encha uma garrafa PET de  600 ml com água de modo a não deixar espaço para o ar. Feche bem a tampa. Pegue, depois, outra garrafa PET de mesmo tamanho e feche bem a tampa – em seu interior, só haverá ar
Observe o formato das garrafas e deixe-as no congelador por algumas horas (ou seja, até a água em estado líquido ter se transformado em gelo)
Após o congelamento, observe outra vez as garrafas. O que ocorreu? Aquela só com ar pode até diminuir ligeiramente de tamanho, enquanto que a garrafa cheia de água vai ficar estufada, provando que a água resfriada aumenta de volume
6) Variação do volume de água e do gelo
Objetivo: Verificar se há variação do volume de água em estado líquido em um copo com gelo depois de ele ter derretido por completo
Coloque gelo em um copo transparente e acrescente água até o ponto que o gelo comece a flutuar, sem tocar no fundo do copo.
Marque, com caneta, a altura que a água em estado líquido atingiu no interior do copo
Observe o copo após algumas horas, quando o gelo tiver se derretido. O que terá acontecido com o nível da água em estado líquido? Nada, isso porque o gelo, ao flutuar, desloca uma quantidade de água que é equivalente ao seu peso
7) Relógio de água
Objetivo: também chamado clepsidra, funciona por gravidade. Um dos primeiros sistemas criados pelo homem para medir o tempo – data de 600 a.C
Corte ao meio uma garrafa PET de 2 litros. Fure a tampa com um prego, usando martelo
Pegue a metade da garrafa com a tampa (A) e coloque de cabeça para baixo dentro da outra metade da garrafa (B)
Encha o recipiente A com água de modo a que comece pingar na outra metade (B) Deixe escorrer por 30 minutos e marque, com caneta, a altura da água acumulada em B. Repita a operação a cada 30 minutos até a água acabar em A
Volte agora toda a água A. Quando o nível de água atingir a primeira marca de caneta, terão sido transcorridos 30 minutos; quando chegar na segunda marca, uma hora e assim por diante

SEGUIDORES